quinta-feira, 9 de julho de 2015

A MENTE DE CRISTO


Embora a Bíblia diga que temos a mente de Cristo, nós que somos cristãos, pensamos e, consequentemente, falamos negativamente. E ainda dizemos: "Sou apenas realista".
Claro que devemos ser realistas, porém há uma diferença entre encararmos a realidade e sermos apenas pessimistas em relação a esta.
Quando cremos em Deus também devemos crer em Sua Palavra que diz que “temos a mente de Cristo e certamente a mente de Cristo não era negativa, embora Ele encarasse a realidade e mais que isso, Ele nos conhece e sabe que somos pecadores e quanto trabalho damos a Ele. Então Ele mais que qualquer outro teria e tem o direito de ser negativo a respeito da humanidade e da vida, mas Ele não foi assim, digo enquanto homem que foi andando sobre a terra.
Você pode dizer: “Mas ele é Deus!!” E você tem razão nisto também, no entanto, a mesma Palavra diz que: Ele se despojou de sua glória e viveu entre nós como 100% homem, sujeito as mesmas tentações e concupiscências.
Enquanto lê este texto você pode estar pensando – falar é fácil – acredite não é. Falar sobre isso para mim é muito difícil, pois eu vivo desde sempre lutando contra a minha mente que insiste em ser negativa, que insiste em focar no que eu não tenho e no que eu não sou. E eu busco em Deus uma saída em oração.
Mas, na oração Deus me traz a lembrança Sua Palavra que diz “Nós temos a mente de Cristo”, e nesse momento minha mente e meu coração começam a travar uma batalha, pois começo a pensar que talvez pensar assim seja apenas reflexo da Teologia da Prosperidade que nós vemos pregada aos quatro cantos, mas ao mesmo tempo vejo que este “pensar” realmente se origina num Reino onde tudo é perfeito e perfeitamente possível: o Reino de Deus.

A Bíblia está repleta de promessas de vitória, de palavras de otimismo realista, o pensamento positivo foi “inventado” por Deus.
Façamos um teste simples vamos tentar encontrar na Bíblia uma palavra de desencorajamento ou de derrota, - se você ainda não leu a Bíblia toda eis sua oportunidade – não há.
Leia e observe qual é a vontade de Deus para cada pensamento negativo que sobe a sua mente, “nós temos a mente de Cristo”, então uma vez que já sabemos qual é a “boa, perfeita e agradável vontade de Deus” devemos usar a “ferramenta” que Ele nos deu: A BÍBLIA.
Para aquele que crê a sagrada escritura deve ser a única regra de fé e prática, portanto, pratiquemos a Palavra, como? Coloquemo-na em nossas mentes e lábios como nunca antes. Quando lemos a Palavra de Deus, Deus fala conosco, nos ensina, nos exorta, nos edifica e quanto mais lemos mais nos enchemos dela até transbordarmos.
A Palavra diz que ... como podem vocês, que são maus, dizer coisas boas? Pois a boca fala do que está cheio o coração” Mt 12.34. Percebe como funciona? Quando preenchemos nosso coração e nossa mente com bons pensamentos não haverá como nossa boca falar palavras de pessimismo e derrota. A mente renovada na Palavra de Deus opera em harmonia com a natureza, fazendo-nos dar frutos de vida abundante. Sl 1
Vamos juntos nesta nova jornada, aprendendo a renovar nossa mente na Palavra de Deus, pois ela é tudo que o que precisamos para nos conhecer e viver a vida abundante que Deus nos preparou.
ACREDITE!