quinta-feira, 9 de abril de 2015

VIVENDO EM ZONA DE GUERRA

Não importa onde você mora nem onde você está neste momento, a verdade é que o seu verdadeiro endereço é o reino de Deus (At. 17.28). Portanto, nada pode ser mais importante ou urgente, ou mais necessário do que viver no Reino de Deus e ter o Reino em você. Buscar o Reino encontrá-lo, experimentá-lo, vivenciá-lo diariamente deve ser sua prioridade máxima. E o Reino de Deus é: Receber a Jesus como Rei e Senhor de nossa vida e de tudo o que está ao nosso redor (Rm 14.17).

Oramos: “venha o Teu reino ... assim na terra como no céu”. No céu há tristeza? Pecado? Angustia? No céu há stress? Há algo, qualquer coisa, que possa nos roubar, nos matar, nos destruir ou destruir nossas famílias? A resposta é não, definitivamente, não. Vemos por todos os lados algum tipo de guerra acontecendo, há guerras civis, guerras “santas”, guerra urbana (drogas, gangues, abusos de todos os tipos, famílias destruídas, etc), todavia, por mais trágica que seja esta guerra, ainda não é a verdadeira guerra.

O Espírito sopra onde quer, mas é bom sabermos nos posicionar. E é isso que veremos a partir de agora.

ORAÇÃO – UM CHAMADO PESSOAL

A vida de Jesus foi marcada pela oração. O relacionamento entre Jesus e o Pai era de intimidade e comunhão ininterrupta. Ele nos dá o exemplo e nos orienta a estarmos a sós com o Pai num estreito relacionamento com Ele, como algo vital e imprescindível para nossas vidas. Veja bem, é possível saber-se muito sobre Deus e, apesar disso não conhecê-lo, não ser-lhe intimo não ser Seu amigo. Por isso a oração pessoal é tão importante.

Quando decidimos seguir o exemplo de Jesus precisamos estar determinados a passar tempo regular e diário em oração pessoal. Para concretizarmos nossa decisão e efetivá-la no tempo e no espaço é necessário que separemos o tempo e tenhamos um local onde possamos estar em comunhão pessoal com Deus. É claro que podemos e devemos orar em todo tempo e em qualquer lugar, mas o momento a sós, num local preparado e separado para isso é essencial.