sábado, 1 de março de 2014

O Lado Bom da Vida - Resenha

O livro que inspirou o filme estrelado por

Bradley Cooper e Jennifer Lawrence


"a vida não é um filme de censura livre para fazer com que a pessoa se sinta bem... E a literatura tenta documentar essa realidade, mostrando-nos que ainda é possível suportá-la com nobreza" (p. 194).

O início é um pouco confuso pela falta de informações do tipo: o que levou Pat a ser internado em uma clínica psiquiátrica? Por que ele e Nicki estão separados? E por que a música Songbird de Kenny G. o transtorna tanto? Mas, o desenrolar da trama vai esclarecendo tudo.

Pat Peoples é um homem na casa dos 30 anos, viciado em exercícios físicos e torcedor, quase fanático, dos Eagles (futebol americano). Após travar uma batalha na justiça sua mãe consegue tirá-lo da clínica. Ao voltar para a casa de seus pais sua vida passa por altos e baixos. Vive bons momentos com seu irmão e amigos indo aos jogos dos Eagles e, ao mesmo tempo, sofre com o desprezo do pai.

Ele foi internado em uma clínica psiquiátrica, que chama de lugar ruim, por algum motivo que não lembra. Mas depois de um tempo, que ele acredita ter sido apenas alguns meses, ele sai voltando a morar com seus pais, situação que ele pensa ser transitória.

A cada dia que passa, Pat vai praticando com seus amigos e familiares
ser gentil em vez de ter razão”, para provar a sua mulher, Nicki, que agora ele é uma pessoa melhor. Assim ele acha que logo após terminar “o tempo separados” eles vão voltar a viver juntos e terminar seu próprio filme com um final feliz.

Ele está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida. E também tenta melhorar a relação com seu pai, Patrick, que muda de humor de acordo com os jogos dos Eagles.

Nesse ínterim ele conhece Tiffany, uma mulher que também sofre com problemas emocionais desde a morte do marido. Os dois passam a correr juntos todo dia, ela tenta do seu próprio jeito, aliás, nem um pouco ortodoxo, trazê-lo de volta a realidade o que acaba por aproximá-los.

Comovente e encantadora. 

Essa é a história de um homem que não desiste da felicidade, do amor e de ter esperança.