segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Mão na Massa



Ser ou não ser empreendedor? Eis a questão.

“Segundo o dicionário Aurélio empreendedor é: adj. e s.m. Que ou o que empreende coisas difíceis; arrojado; realizador”.

Existem algumas definições e conceitos a respeito do que é empreendedorismo e o que é ser empreendedor, mas com as mesmas conclusões, ou seja, o empreendedor é aquele que se utiliza dos recursos que possui para fazer um produto ou serviço totalmente novo ou apenas dando uma nova roupagem e organização ao já existente. Com isso aproveita ou cria uma nova oportunidade de mercado.
Espera-se ou imagina-se que o empreendedor seja cheio de ousadia e criatividade, com visão de mercado e de futuro para que seu negócio seja um sucesso.
KEEP CALM! Se você não se encaixa neste perfil.
Você não precisa ser um “visionário”, nem ter uma criatividade como o do “Spielberg”. Seu negócio pode alavancar com um... Digamos... Empurrãozinho ou Tropeção (se você preferir).
Para isso você vai precisar voltar a estudar, pois (isso sim é fundamental) conhecer ou aperfeiçoar técnicas de vendas, saber qual é o foco do seu negócio, quem são seus potenciais clientes: homens, mulheres, jovens, heterossexuais, homossexuais (tem que pensar tudo isso, acredite, faz diferença), onde “criar”, onde vender (estou falando do espaço físico mesmo) o que vai ser? E-commerce (virtual/internet) ou uma loja/barraquinha física?
Dá trabalho? Sim, mas ninguém vem atrás de você é você que tem de se mostrar... Imprimir sua marca. Fazer sua história.
Existem alguns adágios que são a mais pura verdade.  Pense com carinho nestes que seguem:
“Escrever um livro (ou ser empreendedor) tem 10% de inspiração e 90% de TRANSPIRAÇÃO”.
“Tudo o que vale a pena ser feito vale a pena ser BEM feito”.
“Se lançarmos um canudo contra a corrente de um rio a água, as pedras e pedaços de madeira o arrastarão para a margem e ele ficará lá esquecido, porém, se lançarmos um canudo a favor da corrente TODA A FORÇA da corrente que COUBER NO CANUDO passará por ele e assim (o canudo) será levado até o oceano”.
E agora?

Vai por a mão na massa ou não?